Uniformidade de distribuição de água abaixo da superfície do solo irrigado por diferentes configurações de irrigação localizada.

A uniformidade de aplicação de água no solo é um dos fatores que proporcionam grandes efeitos no rendimento das culturas. Baixas produtividades normalmente são consequências de desuniformidade no processo de aplicação de água ao solo. O objetivo deste trabalho é avaliar a distribuição de água abaixo...

Full description

Saved in:
Bibliographic Details
Main Authors: SANTANA JUNIOR, E. B., COELHO, E. F., COUTINHO, R. C., ANDRADE NETO, T. M. de
Other Authors: EDVALDO BISPO SANTANA JUNIOR, UFRB; EUGENIO FERREIRA COELHO, CNPMF; RODRIGO CARDOZO COUTINHO, UNIMONTES; TORQUATO MARTINS DE ANDRADE NETO, UFRB.
Format: Parte de livro
Language:pt_BR
por
Published: 2011
Subjects:
Online Access:http://www.alice.cnptia.embrapa.br/alice/handle/doc/898890
Tags: Add Tag
No Tags, Be the first to tag this record!
Description
Summary:A uniformidade de aplicação de água no solo é um dos fatores que proporcionam grandes efeitos no rendimento das culturas. Baixas produtividades normalmente são consequências de desuniformidade no processo de aplicação de água ao solo. O objetivo deste trabalho é avaliar a distribuição de água abaixo da superfície do solo sob irrigação com microaspersores de diferentes vazões. O experimento foi realizado na fazenda Experimental do Gorutuba em Nova Porteirinha-MG, adotando-se o delineamento experimental em blocos casualizados com três tratamentos e três repetições. Os tratamentos consistiram de irrigação com três tipos de microaspersores com vazões nominais diferentes (35, 53 e 71L h-1), sendo os mesmos autocompensantes. A área do estudo é composta por um plantio de bananeira espaçada de 3,0 x 2,5m. As determinações foram realizadas em diversos pontos da área efetivamente irrigada pelo microaspersor, compondo assim uma malha de pontos distanciados de 0,5m a partir do emissor. Foram realizadas determinações da umidade do solo a 0,30m de profundidade, fazendo-se o uso da técnica da Reflectometria no Domínio do Tempo (TDR), com uso de sondas artesanais confeccionadas em laboratório. Os dados coletados foram utilizados para calcular o coeficiente de uniformidade de Critsthiansen (CUC) e o Coeficiente de Uniformidade de Distribuição (CUD). Não houve diferença estatística entre as médias do CUC, as quais variaram de 78,5% a 85,5%. As médias do CUD não diferiram estatisticamente entre si, ao nível de 5% pelo teste de Tukey, e oscilaram de 77% a 79,43%.